25 janeiro 2011

Família Odebrecht tenta derrubar na Justiça disputa com acionista

Marcelo Odebrecht, presidente do grupo Odebrecht
No maior conflito entre acionistas da história do grupo Odebrecht, a família que dá nome ao grupo está tentando derrubar na Justiça da Bahia o processo movido desde dezembro pela família Gradin pela posse de um quinto das ações do conglomerado.

O recurso de embargos de declaração foi ajuizado na terça-feira pelos advogados da família Odebrecht, segundo apurou o iG. Eles tentam adiar o processo. Uma audiência judicial foi marcada para o dia 23 de fevereiro. A juíza Maria de Lourdes Araújo, da 10ª Vara da Justiça Civil da Bahia, tenta um fechar um acordo de conciliação.

A família Gradin é sócia do grupo Odebrecht desde os anos 1970, quando Victor Gradin entrou no grupo a convite do fundador Norberto Odebrecht. Desde então, os Gradin possuem 20% das ações da Odebrecht Investimentos, a holding que controla os negócios do grupo empresarial.

Esta posição acionária garante a segunda maior participação entre os acionistas do grupo, perdendo apenas para a família Odebrecht, que detém, por meio de cinco holdings que reúnem uma dezena de parentes, 64% do controle do conglomerado.

Os filhos de Victor Gradin - dois deles ocupavam a presidência de duas empresas do grupo - querem manter sua participação acionária na organização que atua em inúmeras áreas, desde a construção e petroquímica como açúcar e álcool e óleo e gás, entre outros. O faturamento supera os R$ 40 bilhões.

Mas, no fim do ano passado, os Odebrecht - liderados pelo presidente executivo do grupo, Marcelo Odebrecht - tentaram comprar os papéis dos Gradin, valendo-se de um acordo contratual de compra e venda de participações. Diante do impasse entre as duas ricas famílias com origem na Bahia, o caso foi parar na Justiça.

Segundo reportagem publicada nesta quinta-feira no jornal “Valor”, os Gradin, além de manter o interesse como acionistas, querem uma solução por meio de arbitragem. Procurado, o grupo Odebrecht disse que não vai se manifestar sobre o assunto. A família Gradin não foi localizada.

24 janeiro 2011

Estudante da UFRB destaca Primogênio em jornal laboratorial

O Jornal Laboratorial dos alunos da UFRB, "Reverso", que circula em toda a Cachoeira, destacou a importancia do Blog Primogênio no cenário da comunicação do Recôncavo. 

Veja a matéria escrita pelo estudante do 7º semestre de Comunicação Social, Rodrigo Valverde Bastos:


Blog muritibano se destaca e vira referência para notícias na região


Criado em agosto de 2008 pelo coordenador de eventos da Prefeitura Municipal de Muritiba, Edgar Abbehusen, o blog Primogênio tinha o intuito de se tornar um pequeno canal de informações e notícias referentes à cidade de Muritiba. O blog cresceu e criou proporções inesperadas, e hoje é um dos principais canais de informação de Muritiba e adjacências.

Leitores de diversas faixas etárias se informam sobre vários assuntos todos os dias através do Primogênio. O antigo pequeno blog de notícias locais se tornou um centro de informações. Além das pautas regionais, é possível ler também sobre temas de âmbito nacional e internacional.

Edgar diz que um dos impulsionadores do sucesso do seu blog é a forma descontraída com a qual ele trata os mais variados assuntos, dessa forma, os jovens passam a ler temas que normalmente não seriam do seu interesse. 

Apesar de não ter um assunto principal especificado, o tema mais recorrente do blog Primogênio é política. Edgar afirma que a população muritibana é muito ligada na política local, e por isso ela merece uma atenção especial no blog. A equipe Primogênio comparece a todas as seções na Câmara Municipal de Vereadores de Muritiba que ocorrem as quintas pela noite.

Com as redes sociais e os meios de comunicação em tempo real estando em alta, é cada vez mais comum que canais de notícias como o Primogênio se espalhem e mais pessoas transmitam todo tipo de notícia a todo o momento.

Para conferir, basta acessar o endereço www.primogenio.blogspot.com

------


Pois é amigos, reconhecimento, é isso!

22 janeiro 2011

Campus Party: Muritibana é destaque em site de notícias

Marta da Esperança aparece em destaque na Página da UOL. Na foto, ela está no canto direito da imagem.
A Campus Party Brasil é o principal acontecimento tecnológico realizado anualmente no Brasil. Nele são tratados os mais diversos temas relacionados à internet, reunindo um grande número de comunidades e usuários da rede mundial de computadores envolvidos com tecnologia e cultura digital. Todas as edições já realizadas ocorreram na cidade de São Paulo.

Marta da Esperança, estudante do curso de Ciências Exatas e Tecnológicas da Universidade Federal do Recôncavo Baiano, e também filha de Muritiba, está presente do evento, e acabou sendo abordada pela equipe de reportagem da UOL. Na matéria (Assista ao video abaixo) Marta e outros visitantes do CPB fala de como manter a beleza durante a feira.

Em entrevista EXCLUSIVA ao Blog Primogênio, através do MSN, direto da Campus Party, Marta disse estar amando participar da CPB, e conta que o que mais chamou a sua atenção foi a internet de 10gb, que é um dos marcos principais da Campus Party Brasil. A velocidade de 10 Gb representa 10 mil vezes uma conexão de 1 Mbps, a mais comum em residências do país. Com 10 GB seria possível baixar o conteúdo completo de um DVD (filmes, making off, fotos, extras, etc) em 3,7 segundos e de um CD com capacidade para 700 MB em meio segundo.
  
Foto retirada do Orkut de Marta
"é muito interessante esse evento.. a organização é booa.. tem algumas falhas.. normal! um diia faltou luz, outro a net caiu por uns minutoos, mas é beleza" disse Marta através do MSN ao Blog Primogênio, direto da Campus Party em São Paulo.

Para organizar e facilitar a participação das pessoas, o evento é divido em quatro Zonas principais: Inovação, Criatividade, Ciência e Entretenimento Digital. Dentro das Zonas, são encontradas as Áreas de Conteúdos onde ocorrem efetivamente as atividades programadas.

A circulação dos campuseiros, como são conhecidos os participantes do evento, é livre entre estes espaços. Cada uma das Áreas de Conteúdos conta com um assessor e uma equipe responsável por organizar palestras, debates, competições e outras atividades.

Além de Marta, estudantes de Cachoeira, São Félix e Cruz das Almas também participam do evento. Quando perguntada se na próxima edição ela estará presente, Marta diz: "Se tudo der certo, claro que sim". 

Assista abaixo o video da entrevista da Muritibana Marta Esperança ao site de noticias UOL:

20 janeiro 2011

'Única saída era amarrar meus filhos para mantê-los na linha'

Crianças foram encontradas presas a correntes
(Foto: Divulgação/PM)
  
O pai das duas crianças encontradas acorrentadas em uma casa nesta quinta-feira (20) no Jaçanã, Zona Norte de São Paulo, afirmou, em depoimento à polícia, que fazia isso para "mantê-las na linha". Segundo ele, o menino de 9 anos cometia furtos na escola. O irmão, que também estava preso a correntes, tem 8 anos.

De acordo com a Polícia Militar, havia outras seis crianças na casa, com idades de 5 a 14 anos. Uma tem síndrome de Down.

Elas foram localizadas sozinhas na residência após uma denúncia anônima.

O delegado Antônio Carlos Corsi Sobrinho, do 73º DP,  disse que o pai afirmou não ter outra alternativa senão amarrar os filhos para poder trabalhar, já que a mãe deles morreu. "Ele disse que tem que trabalhar, que tentou manter as crianças na linha e que viu que a única saída era amarrar."

O pai contou que a avó, que mora perto da casa onde as crianças estavam, cuidava delas enquanto ele trabalhava. Disse ainda que foi chamado várias vezes na escola após o garoto de 9 anos (um dos que estavam acorrentados) cometer pequenos furtos.

Casa onde elas foram achadas
Casa onde elas foram achadas (Foto:
Divulgação/PM)
As crianças foram encaminhadas para o Hospital São Luiz Gonzaga, mas exames não detectaram sinais de maus-tratos. Segundo o conselheiro tutelar Alexandre Pires, o pai disse estar "desesperado" pois não tinha mais domínio sobre os filhos. As crianças podem ser deixadas com um outro familiar nos próximos dias. “Elas só irão para um abrigo em último caso”, afirmou Pires.

O pai assinou um termo circunstanciado e foi liberado. Mas deverá responder por maus-tratos.

19 janeiro 2011

Bomba no axé: Ivete demite Jesus Sangalo


Uma crise financeira na empresa Caco de Telha, que pertence a Ivete Sangalo, levou a cantora/empresária a tomar algumas atitudes para evitar mais perdas. Depois de acumular prejuízos na produção dos shows da cantora Beyoncé e do grupo Black Eyed Peas, a empresa da baiana passou a cortar despesas e demitir funcionários.

A última atitude de Ivete, no entanto, surpreendeu a todos. Ela afastou o irmão Jesus Sangalo dos negócios. Ele era o empresário de Ivete e comandava todos seus empreendimentos. Faltando dois meses para o carnaval, Ivete determinou que sua empresa passe por uma auditoria. Há a suspeita de alguns investimentos mal feitos. O que Ivete já percebeu é que, para evitar novos prejuízos, o único produto rentável de sua empresa será ela mesma. 

As informações são do jornal Extra.

13 janeiro 2011

ALERTA: Muritibanos exageram sobre duas rodas colocando até os seus filhos em situação de risco

Imagem retirada da internet
Texto: Edgar Abbehusen / Blog Primogênio (www.primogenio.com)  

Nos primeiros minutos de 2011 uma tragédia se abatia sobre uma familia de classe média em Muritiba. Duas motos colidiram próximo ao Hospital Municipal e um dos jovens envolvidos acabou morrendo. 

A situação de motos e motocicletas que andam diariamente e em grande quantidade pelas ruas de Muritiba é preocupante. Crianças pilotando motos sem capacetes, pais e mães levando 3 e até mesmo 4 crianças em uma Honda Bis, crianças levando criança na garupa da moto, velocidade acima da média dentre outras irregularidades que as autoridades parecem fechar os olhos.

A Policia Militar tenta intimidar com blitz surpresa de vez enquando, mas como a comunicação entre motoqueiros em uma cidade pequena é fácil e rápida, a blitz acaba sendo inerte as infrações cometidas diariamente pelos pilotos. Um morador que não quer se identificar se diz as vezes assustado com a velocidade de alguns motoqueiros "Parece que estão em uma pista de corrida".

Dona Lurde, que mora na Praça do Manteiga e que no ano passado teve seu companheiro vitima de um acidente de moto, diz que vê constantemente motos passando em alta velocidade pela sua porta "Eu acho que é Deus que coloca a mão nessa Muritiba. No horário que a rua tem mais movimento, que é no final da tarde por causa da padaria, é uma disputa de carro, moto e vans aqui na pista, é Deus que segura e não tem um acidente. As motos passam com toda a velocidade". 

Motoristas de veiculos também se dizem prejudicados pela falta de fiscalização das autoridades competentes em relação as motocicletas, "È um caos, você faz uma curva e sempre tem um louco motoqueiro que quer entrar com tudo, na sua mão, em alta velocidade, você não tem pro'nde correr se por um azar acontecer um desacerto", diz Sr. João, que dirige carro há mais de 20 anos.

Muritiba, assim como todas as cidades do Brasil, popularizou o uso das motos e motocicletas rapidamente, graças a facilidade em comprar e o preço das parcelas do financiamento. Em 10 anos a venda de motos cresceu quase 300%. Um ex funcionário de uma concessionária de motos da cidade disse ao Primogênio que chegou a ganhar comissões de venda 5 vezes maior que o seu salário, "Hoje, eu creio que de casa 10 familias de Muritiba, 7 tenha uma moto", comentou ele.

Mas a facilidade em comprar e a facilidade de aprender a pilotar uma moto fez dela uma arma. Uma bomba armada nas ruas da cidade que como dizem alguns moradores e motoristas de automoveis "Deus coloca a mão pra não explodir". Motoqueiros sem licença , motoqueiros em alta velocidade e alguns pais irresponsaveis chegam a colocar até a vida dos próprios filhos em risco, e não foi dificil encontrar uma cena como as das fotos a abaixo. O Primogênio deixa claro que distorceu a imagem para preservar a identidade das crianças, e até dos pais, que muitos até por ignorancia agem dessa forma, mas outros, agem por pura imprudência.

Foto tirada na saída de um posto de gasolina, próximo a Vila Residencial:  Um garoto de aproximadamente 14 anos leva uma menina de aproximadamente 7 anos na garupa da moto. Ele com capacete. Ela sem capacete.

CENTRO DA CIDADE - Um pai leva a filha de pé a sua frente. Ele de capacete e a criança totalmente desprotegida.

DE ASSUSTAR: Na BR-101, próximo ao Colégio Lindaura Marques Sampaio, no Distrito de Carro Quebrado, um homem segue na frente sem capacete, e logo atrás, duas crianças, que aparentavam não passar de 10 anos de idade, numa motocicleta estilo Honda Pop, sem capacete em meio as carretas e carros da BR.



12 janeiro 2011

PERIGO: Narguilé pode ser 450 vezes mais perigoso do que o cigarro, diz estudo


Isso mesmo meus caros leitores do Primogênio, aquele negócinho que voce não sabia o nome, que os árabes usavam pra fumar, é a nova febre teen, a nova moda agora é fumar narguilé, agora não só os árabes mas os jovens tomaram conta desse antigo costume, fumar narguilé é a nova mania da garotada, nas faculdades agora só se vê a meninada fumando narguilé, no maior clima de azaração e a crença popular é de que a água ajudaria a filtrar as impurezas do fumo, tornando-o menos nocivo. 

Bem, vamos por parte. 

A febre do Narquilé no Brasil começou em outubro de 2001, com a exibição da novela da Rede Globo "O clone", que está sendo reprisada no "Vale a pena ver de novo". De lá pra cá o Narquilé teve alguns altos e baixos, sendo que nos últimos dois anos vem se identificando uma forte presença do "Cachimbo d'agua" nos pátios das faculdades e casas de estudantes universitários. 

O estudo, publicado no "Journal of Adolescent Health", observou o uso de narguilé entre estudantes da Virginia Commonwealth University. Descobriu-se que, entre os mais de 700 estudantes pesquisados, mais de 40% relataram ter usado narguilé no ano anterior.

O narguilé, muitas vezes chamado de “hookah” ou “shisha”, é mais conhecido no Oriente Médio e usado para fumar tabaco aromatizado e adocicado. O tabaco é aquecido sobre carvão vegetal, depois é esfriado ao passar através de um vaso d’água, e finalmente é inalado com a ajuda de uma mangueira.

Apesar do que acreditam alguns estudantes, o narguilé pode expor usuários a uma quantidade maior de substâncias tóxicas do que cigarros. Cada aspiração tem cem vezes mais fumaça em relação ao cigarro, afirma o estudo. E os fumantes também inalam fumaça do carvão mineral.

“Há várias razões para acreditar que isso piora o problema”, disse o autor responsável pelo estudo, Thomas Eissenberg.

A maioria dos estudantes fuma em lugares como cafés de narguilé. Um motivo de esses lugares estarem se tornando tão populares, dizem os estudos, é que, ao contrário de bares, eles são abertos para estudantes.
 
Usuários de narguilé na maioria das vezes são homens e muitos deles disseram aos pesquisadores que fumar narguilé os faz parecer “descolados”.


"Descobrimos que uma sessão fumando o narguilé - isto é, 10 miligramas (de tabaco) por 30 minutos - resulta em níveis de monóxido de carbono quatro ou cinco vezes mais altos do que fumar um cigarro", afirmou Hilary Wareing, uma das diretoras do centro de pesquisa.

"Mas, na pior das hipóteses, o narguilé era 400 a 450 vezes mais perigoso do que fumar um cigarro", acrescentou.

O narguilé é um cachimbo de água no qual o tabaco com aroma de frutas é queimado, com o uso de carvão, passa por uma vasilha de água enfeitada e é fumado por meio de uma mangueira.

Monóxido de carbono

O Departamento Britânico de Saúde afirmou que é difícil saber exatamente o quanto de monóxido de carbono um cigarro produz, devido à diferença na inalação dos fumantes.

Mas, a medida do monóxido de carbono no hálito exalado mostrou que o nível normal medido em um não fumante foi de três partes de CO por um milhão de partes de ar (ppm), (o que afetou menos de 1% de seu sangue), um fumante que consome menos cigarros teve 10-20 ppm (2% a 4% do sangue afetado), e um fumante com alto consumo de cigarros teve 30-40 ppm (entre 5% e 7% do sangue afetado).

O estudo descobriu que a pessoa que fuma o narguilé tinha 40-70 ppm de monóxido de carbono, o que afeta entre 8% e 12% do sangue e é um nível ainda maior do que os fumantes que consomem muito cigarro.

Questão de saúde

Paul Hooper, gerente regional do Departamento de Saúde, afirmou que estas descobertas fazem com que o narguilé se transforme em uma "grande questão" de saúde.

De acordo com Hooper, muitos afirmam até que narguilé "não é o mesmo que fumar". Os bares de narguilé são populares em Londres, Manchester e Birmingham, atraindo não apenas fregueses de países do Oriente Médio, mas também o público mais jovem.

"Se minha mãe me ver fumando narguilé, ela não vai encarar isto como um ato tão sério como se eu estivesse fumando um cigarro", disse um britânico de descendência paquistanesa.

Mas a pesquisa sugere que esta é uma ideia errada, e a descoberta de altos níveis de monóxido de carbono em mulheres grávidas que pararam de consumir cigarros mas continuaram a fumar narguilé, levou à realização da pesquisa.

"Você sabe que pode morrer devido aos cigarros, mas não sabe que pode morrer por causa do narguilé. Agora vou para casa para pesquisar isto", disse um jovem frequentador de um bar de narguilé em Londres.

"Existe um risco para a saúde, mas tudo é relativo ao consumo e todas as provas que vi são de que fumar narguilé não é como fumar nem mesmo um cigarro", afirmou Akram, 27 anos, que gerencia um restaurante e bar de narguilé em Birmingham.

Infecções no bocal

Mas não é apenas o nível de monóxido de carbono que gera preocupação em relação ao narguilé. Qasim Choudhory, funcionário do Serviço de Antitabagismo do Serviço Público de Saúde britânico, afirma que dividir o cachimbo de narguilé pode transmitir infecções.

"Existe um risco maior de contrair tuberculose, herpes e infecções como esta", afirmou.

"E agora a gripe suína está no topo da pauta, não há uma correlação direta, mas num momento em que aumentamos a higiene, (o narguilé) não é o melhor tipo de atividade para participar", acrescentou.

Hilary Wareing afirmou que os resultados do estudo atual são chocantes, mas serão necessárias mais pesquisas para mostrar exatamente como o narguilé é perigoso.

Paul Hooper afirmou que o Departamento de Saúde está trabalhando para "passar a mensagem - de como isto é perigoso - ao consumidor".

"Mas como você rotula o tabaco e o cachimbo de narguilé? Não é tão simples como rotular um maço de cigarros", afirmou.



Escape das queimaduras de verão


O uso incorreto de protetor solar pode causar vários transtornos. Há quem esqueça de passar o filtro nos pés e depois não consiga calçar os sapatos, outros queimam a ponta da orelha e são obrigados a dormir sem virar a cabeça, e sempre tem alguém que acaba vermelho por inteiro.

Existe uma maneira correta para passar protetor solar. E ela inclui diversos detalhes que podem até parecer pequenos, mas são a diferença entre uma temporada feliz ou não sob o sol do verão.

O primeiro passo é escolher o protetor mais adequado. Existem diversas opções, com diferentes fatores de proteção e veículos de aplicação (creme, gel e spray). “O creme é mais eficaz, porém um pouco mais oleoso”, afirma o dermatologista Sérgio Schalka, tesoureiro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD).

Para evitar a oleosidade excessiva, especialmente no rosto, a melhor opção é usar filtro em gel. “Mas é preciso de mais cuidado ao aplicar”, diz. Diferente do creme, o gel deve ser aplicado de forma delicada, apenas em uma direção, para não perder efeito.

O spray traz a vantagem ser mais prático em regiões com pêlos, porém é mais difícil mensurar a quantidade correta a ser aplicada. A dica é usar o jato contínuo para cobrir o corpo todo, sem espalhar com as mãos.

Cremes e géis devem ser aplicados na mesma quantidade, cerca de seis colheres de chá para o corpo todo. “Uma para o tronco, uma para as costas, uma para cada perna, ½ colher para cada braço e ½ colher para o rosto”, detalha o médico.

Fator de proteção

Diferente do que algumas pessoas imaginam, há pouca diferença no potencial de proteção contra raios ultravioletas entre os diversos fatores de proteção solar (FPS) existentes. Um filtro com FPS 15 barra 93,3% dos raios UV-B, enquanto um fator 30 protege contra 96,7%. A diferença está no tempo de proteção. Quanto mais alto o FPS, por mais tempo ele irá proteger a pele.

No entanto, essa variação não é fixa, ela muda de acordo com o tipo de pele da pessoa. Existem testes de laboratório capazes de identificar o tempo preciso para repassar cada protetor, mas os dermatologistas recomendam uma regra mais simples, que pode ser seguida por qualquer pessoa: reaplicar a cada duas horas.

A escolha do fator de proteção também é simples. Quanto mais clara a pele, mais alto deve ser o FPS. E as pessoas com pele escura não devem usar fator menor que 15 para evitar outros efeitos danosos, como o envelhecimento acelerado provocado pelos raios ultravioleta do sol.

“Os raios UV-B provocam vermelhidão, a queimadura de sol, mas existem também os raios UV-A. Eles não queimam, mas também fazem mal à pele”, aponta o cosmetologista Maurício Pupo, consultor em desenvolvimento cosmético e coordenador da pós-graduação em cosmetologia da Unicastelo.

A proteção contra raios UV-A é menor que a proteção contra UV-B nos filtros solares, algo próximo da metade. Mas alguns protetores têm ação reforçada contra UV-A. “Por isso vale ficar atento aos rótulos”, recomenda.

Cuidados especiais

Ao passar filtro solar em creme ou gel, os médicos recomendam usar a palma da mão para obter uma aplicação mais homogênea. Além de repassar a cada duas horas, é preciso ficar atento para suor em excesso. “Se a pessoa transpirar muito ou entrar na água, também é bom repassar”, recomenda Schalka.

Mesmo os filtros resistentes à água perdem efeito de proteção no mar ou na piscina, dependendo do tempo de exposição. “Após 40 minutos, os filtros resistentes perdem 50% da proteção. O mesmo acontece após 80 minutos com os protetores muito resistentes”, afirma o dermatologista, lembrando que se secar com a toalha, deitar na canga ou até vestir e tirar uma camiseta pode contribuir para que um pouco de filtro seja removido da pele, o que diminui a proteção.



Barriga de chope é mito, segundo estudo médico espanhol

"A barriga de chope é um mito", diz estudo
Um estudo do Colégio Oficial de Médicos de Astúrias revela que "a barriga de chope é um mito", pois um consumo moderado da bebida, de até meio litro diário, associado a uma dieta como a mediterrânea, não engorda e reduz o risco de diabetes e hipertensão. 

O modelo de homens e mulheres com barriga grande é próprio da cultura anglo-saxã, onde se ingere grandes quantidades de cerveja e comida rica em gorduras saturadas com quase nenhuma atividade física, asseguraram nesta quarta-feira os autores do estudo. 

O padrão alimentar dos consumidores moderados de cerveja na Espanha é mais próximo ao da dieta mediterrânea, segundo o trabalho elaborado por Hospital Clínic, Universidade de Barcelona e Instituto de Saúde Carlos III, que foi apresentado nesta quarta-feira no Colégio Oficial de Médicos de Astúrias. 

Os médicos Ramón Estruch, do Serviço de Medicina Interna do Hospital Clínic, e Rosa Lamuela, do departamento de bromatologia e Nutrição da Universidade de Barcelona, asseguraram que o estudo demonstra que a cerveja bebida com moderação não provoca aumento da massa corporal nem acúmulo de gordura na cintura. 

O teste, realizado em 1.249 participantes, homens e mulheres com mais de 57 anos, que pela idade têm um maior risco cardiovascular, confirmou que a cerveja é saudável, segundo os autores. 

As pessoas que participaram do estudo se alimentando com uma dieta mediterrânea acompanhada de cerveja em quantidades entre um quarto e meio litro por dia, "não só não engordaram, mas, em alguns casos, perderam peso", indicaram os cientistas.
A dose recomendada pelos médicos é de dois copos diários para as mulheres e de três para os homens, com comidas equilibradas e sempre que as pessoas tiverem uma vida normal, praticando algum exercício. 

A cerveja é uma bebida fermentada, que recebe as propriedades alimentares dos cereais com que é produzida, assim como o vinho da uva, ou a cidra da maçã, explicou a doutora Rosa. 

A bebida fornece uma quantidade de ácido fólico, vitaminas, ferro e cálcio maior que outras, e provoca um efeito "protetor" sobre o sistema cardiovascular. 

As pessoas que bebem quantidades "normais" de cerveja apresentam uma menor incidência de diabetes mellitus e hipertensão, e um índice de massa corporal inferior.
Além disso, estas pessoas "manifestaram consumir uma maior quantidade de verduras, legumes, pescado, cereais e azeite de oliva, e realizar uma maior atividade física", indicou Estruch.

Ana Paula Arósio pede desligamento da Globo

A atriz Ana Paula Arósio deixou e TV Globo em dezembro, informou a emissora em comunicado

A atriz Ana Paula Arósio deixou a TV Globo. A emissora anunciou o desligamento da atriz em comunicado divulgado no início da tarde desta quarta-feira. 
 
"No último dia 20 de dezembro, a atriz Ana Paula Arósio solicitou formalmente o seu desligamento da TV Globo. A emissora aceitou o pedido e, cumpridas as formalidades legais, considera encerrado o contrato", diz o comunicado. 

A atriz se desentendeu com a direção da emissora depois de deixar a novela "Insensato Coração" nos primeiros dias de filmagens, em outubro do ano passado. Ela iria interpretar a protagonista da novela, próxima trama das 21h, e foi substituída por Paola Oliveira. 

Na festa de lançamento da novela, realizada esta semana, o diretor Dennis Carvalho afirmou não ter perdoado a atriz. "Não me faz bem falar dessa pessoa", disse. 




11 janeiro 2011

Comunidade pede Impeachment de Prefeito de Salvador

  A comunidade foi criada no dia 30 de dezembro e já tem mais de 300 membros




"Pedido de Impeachment do prefeito de Salvador, João Henrique de Barradas Carneiro por incapacidade de gestão, falta de transparências na utilização de recursos públicos, falta de prestação de contas das relações de TRANSCONS, CREDITOS TRIBUTARIOS, Compras e contratações sem licitações, e por desequilíbrio da ordem publica. O pedido é o sumario afastamento do prefeito João Henrique pela falta de assistência a população soteropolitana, cidades cheias de buracos, LIXO nas ruas, falta de transparências no contrato de coleta de lixo, das contratações emergênciais desnecessárias, e com contratações na modalidade de inelegibilidade, inexistência de responsabilidade e compromissos com os funcionários públicos, atrasos de salários, calotes a fornecedores, benefícios políticos de ordem estrutural da maquina publica, e pela liberação irregular de alvarás de postos de gasolina."

Esse é o texto que está na comunidade que pede o afastamento de João Henrique da cadeira de Prefeito de Salvador.