29 maio 2011

Mídia Recôncavo: Sabe qual o salário dos artistas e apresentadores da tv brasileira?


Acessem: www.midiareconcavo.com

A Voz Jovem: Destaques de Muritiba


Delegada diz só adere à operação contra Máquinas Caças Níqueis e produtos piratas com ordem dos seus superiores


Cadastro revela políticos donos de rádio e TVs no país

Classificado de "caixa-preta", o cadastro dos donos de rádios e TV no país --onde estão os nomes de 56 deputados e senadores que são sócios ou têm parentes no controle de emissoras --passará a ser divulgado em caráter definitivo pelo Ministério das Comunicações.



Reportagem de Valdo Cruz e Júlio Wiziack na edição da Folha deste domingo mostra que o mapa, antiga reivindicação de entidades que tentam fiscalizar o setor, estará disponível a partir de segunda-feira na página do ministério. A Folha obteve acesso à lista.

O cadastro traz um mapa das 291 TVs, 3.205 rádios e 6.186 retransmissoras comerciais existentes no Brasil.

Levantamento feito pela Folha publicada em março mostrou que empresas abertas em nomes de outras pessoas (laranjas) são frequentemente usadas por especuladores, igrejas e políticos para comprar concessões de rádio e TV em licitações do governo federal.

Informações: Folha Online

26 maio 2011

SANTO AMARO: Dilma recebe dossiê sobre chumbo

Os senadores Walter Pinheiro (PT-BA) e Paulo Paim (PT-RS) entregaram, nesta quinta-feira (26), um dossiê sobre a contaminação por chumbo em Santo Amaro para a presidente Dilma Rousseff. O documento foi entregue durante um almoço no Palácio da Alvorada, logo após uma audiência pública que debateu o tema na Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) do Senado. O assunto agora deverá ser acompanhado pelo secretário-geral da presidência, Gilberto Carvalho. 

Foto Leopoldo Silva

O dossiê traz informações detalhadas sobre a tragédia ambiental que afeta centenas de moradores da cidade, inclusive vídeo com imagens de pessoas acamadas e de recém-nascidos com graves deformações físicas. A cidade do recôncavo baiano é considerada a mais poluída por chumbo no mundo, de acordo com estudos da Universidade Federal da Bahia (Ufba) e outras instituições. Por mais de três décadas, a Companhia Brasileira de Chumbo (Cobrac) despejou na cidade rejeitos contaminados por esse e outros metais.

Informações Bahia Notícias

"Mais de 14 mil reais", diz Babão sobre Golpe de Cartão de Crédito

Reportagem: Edgar Abbehusen
Parecia uma fatura normal de um recente cartão de crédito adquirido por Epifânio Marques Sampaio, atual prefeito da cidade de Muritiba, mas não era. Quando abriu o documento o susto foi imediato, saques diários somavam mais de 10 mil reais, realizados em diversas agências bancárias do Recôncavo, além de compras realizadas dentro da própria cidade de Muritiba.

O que parecia ser uma clonagem de cartão de crédito foi se transformando num ousado golpe que trouxe ao bolso de Babão, como é popularmente chamado na cidade, mais de 14 mil reais em prejuízo. 

Antônio C Silva, que denominava-se dependente do titular Epifânio, comprou diversas vezes em lojas do próprio municipio. "É um absurdo, liguei pro Banco na mesma noite em que recebi a fatura e cancelei o cartão adicional", disse Babão indignado. 

No dia seguinte o prefeito deu queixa na delegacia da cidade e procurou o Banco do Brasil para saber detalhes do ocorrido. O gerente explicou que ele não foi vitima de clonagem, já que o golpista não usou seu cartão titular. Antonio C Silva usou informações pessoais de Babão e criou, por telefone, um cartão adicional no qual a fatura seria debitada na conta do titular. 

Segundo Epifânio Marques Sampaio, no mesmo dia em que prestou queixa, a gerência do BB liberou as imagens do circuito interno onde o mesmo conseguiu visualizar Antonio C Silva realizando o saque no valor de R$ 1.000 reais na agência do BB de Muritiba. Babão disse que a pessoa não era conhecida dele, e nem parecia ser da cidade. A Policia Civil de Muritiba já está investigando o caso.

25 maio 2011

Violência: Câmara Municipal realiza audiência pública hoje, ás 19 horas

A Câmara de Vereadores de Muritiba irá realizar hoje (quarta), ás 19:00 horas, uma audiência pública para debater a violência no nosso municipio. Vereadores, autoridades judiciais e do executivo irão se reunir com a população para falar dos problemas e soluções para a onda de violência que vem assustando os moradores nas últimas semanas.

Placas do Recôncavo

Foto Retirada na Cidade de Cruz das Almas-Bahia  


Disse Jesus: Óh Pai, perdoai-os... eles não sabem o que fazem... 


Conhece alguma placa interessante na sua cidade?

Mande pra gente: faleprimogenio@gmail.com

24 maio 2011

Em Junho no Primogênio: BAIRRO BURITI - A Muritiba escondida

Foto do Bairro Buriti, ao fundo, a Vila Residencial e o Colégio João Batista Pereira Fraga


O mês de junho será repleto de surpresas no Blog Primogênio. A partir da próxima semana você começa a conferir uma série de reportagens especiais sobre um bairro que parece ter sido esquecido pelas autoridades da cidade, em todos os sentidos. 

O Bairro Buriti é um conjuto habitacional que foi entregue a população carente de Muritiba em 2008, inaugurado na época como Conjunto Padre Piazza. Nossa reportagem irá investigar por que o Bairro foi entregue sem infraestrutura, fazendo os moradores ficarem expostos a lama e ao mal cheiro do esgoto. 

Iremos também averiguar junto a Prefeitura Municipal a atual situação das 100 casas que estão com as reformas paradas. As casas servem para exploração sexual de crianças, usuários de drogas e parte do material das obras já foram roubados pelos moradores, como telhas, portas e janelas. Tudo isso é dinheiro público!

O Bairro Buriti também sofre com a violência, prostituição infantil e tráfico de drogas. Diversas ocorrências são registradas no local pelas Policia Civil e Militar.

Iremos atrás do Prefeito Municipal, Epifânio Marques Sampaio, do ex-prefeito Roque Isquem, de vereadores, Ministério Público, Polícias Militar e Civil, entrevistando moradores, sociólogos e psicólogos para tratar sobre o assunto.

A ideia não é apontar culpados, mas sim, dizer as autoridades que não precisam esconder da sociedade Muritibana o Bairro Buriti. 

BAIRRO BURITI - A Muritiba Escondida estreia no início de Junho, aqui no Blog Primogênio.

Veja uma prévia da Matéria:

23 maio 2011

CAMPEÃ: Agora ela vai para a Russia

Marilia com a medalha que trouxe da cidade de Camaquã no Rio Grande do Sul

A Muritibana Marilia Jesus dos Santos Conceição, que luta boxe desde os 14 anos, ganhou o campeonato Baiano de Muay Thai, em março, trouxe a medalha do Campeonato Brasileiro de Camaquã (RS) e, em setembro, estará viajando para a Rússia, em busca do Titulo Mundial de Muay Thai.

Marilia, que recebeu apoio de muritibanos atraves de um livro de ouro, recebeu uma moção de parabenização na Câmara de Vereadores de Muritiba, na última quinta-feira, do vereador Clementino Pereira Fraga, assinada por todos os edis.

Na Tailândia, o muay thai é conhecido como luta da liberdade ou arte dos livres, e é conhecida mundialmente como a arte das oito armas, pois se caracteriza pelo uso combinado dos dois punhos + dois cotovelos + dois joelhos + duas 'canelas e pés', e associado a uma forte preparação física que a torna uma luta de contato total poderosa e eficiente.

A defesa é uma coisa muito importante no muay thai e são usados os ombros, os braços e as pernas (canela) como um "escudo" para obstruir as técnicas do oponente. Obstruir é um elemento importante no muay thai e combina-se com o nível de condicionamento do praticante. 

Os chutes circulares baixos e circulares médios ao corpo são obstruídos normalmente com a canela. Os golpes na parte superior do corpo são obstruídas geralmente com o antebraço, ou se possível com a canela. Os chutes circulares médios podem também ser segurados, travando o oponente, e assim permitindo um ataque para derrubá-lo, ou jogar o oponente a distância.

Balcão de Justiça poderá ser instalado em Muritiba

Alberto Abbehusen apresentando o Projeto para o Prefeito
Na última terça-feira, dia 17 de maio, Edgar Abbehusen recebeu a visita do seu irmão, Alberto Abbehusen, Assessor Especial da Presidencia do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia. Alberto aproveitou a visita para apresentar ao Prefeito da cidade, Epifânio Marques Sampaio e ao Judiciário de Muritiba, o Projeto do Balcão de Justiça e Cidadania, que foi criado no ano de 2003, pela Resolução nº 01/2003 e reestruturado pela Resolução nº 05/2006, do Tribunal Pleno, tornando-se um mecanismo de democratização do acesso à Justiça.

O Prefeito de Muritiba se mostrou interessado, já que Muritiba seria pioneira no recôncavo em aderir ao balcão, e se prontificou a providenciar um local e a contração de um advogado para administrar o Projeto. 

Oferecendo serviços inteiramente gratuitos à população menos favorecida economicamente nas unidades de mediação e orientação jurídica, instaladas em diversos bairros das comarcas da capital e do interior do Estado, o BJC  permite a descentralização das ações do Poder Judiciário.

Neles são realizadas mediações de conflitos e formalizados acordos sobre questões processuais referentes a:

  • Pensão de Alimentos/ Divórcio
  • Dissolução de União Estável
  • Reconhecimento Espontâneo de Paternidade
  • Questões cíveis referidas no art. 3º da Lei nº 9.099/95 (Juizados Especiais)
Os BJC fortalecem a consciência cidadã, por valorizar a capacidade do indivíduo em resolver seus conflitos, proporcionam às entidades parceiras o exercício da sua função social e contribuem para que as instituições de ensino ofereçam aos estudantes uma prática jurídica enriquecedora.

Agentes comunitários também são admitidos na execução das atividades, sobretudo na divulgação do Projeto. Estes também são beneficiados pelo fortalecimento das suas ações perante a comunidade na qual se encontram inseridos.

A solução dos litígios ocorre na fase pré-processual, o que atenua a multiplicação das demandas judiciais.

Instalados em espaços físicos cedidos gratuitamente, sendo a maioria deles mantidos por instituições de variadas matizes, que estabelecem parceria com o Tribunal de Justiça do Estado da Bahia visando ao atendimento da população. 

Alberto Abbehusen em conversa com a Drª Adriana Braga
Depois de apresentar o projeto ao Prefeito Municipal, Alberto Abbehusen seguiu para o Forúm da cidade, para conhecer as Juizas  Drª Adriana Sales Braga (Vara Crime) e Drª Luciana Braga (Vara Civel).

Texto/Foto: Edgar Abbehusen
Fonte: TJ-BA

22 maio 2011

Nelson Brito irá contar história de Muritiba em livro

Nelson Brito, 63 anos

O Muritibano Nelson Brito, 63, está reunindo informações sobre personalidades da nossa terra. Nelson, aposentado que reside hoje em Salvador, sempre foi envolvido em trabalhos sociais, além de ser um dos cabeças da campanha para reerguer a sede da Filarmônica 5 de março.

"Já tenho pronto 31 capítulos, mas vou precisar que o pessoal da prefeitura e da câmara de veradores me ajude nas pesquisas." (Nelson Brito)


Histórias interessantes e fatos que comprovam a ligação entre familias muritibanas e a realeza Brasileira, como por exemplo, a amizade entre o Barão de Capivari e o Imperador Pedro I. Quem souber de informações e fatos que ajude a Nelson a compor a história de Muritiba, entre em contato pelo email: nelsonbritossa@yahoo.com.br 

"Que Deus ilumine as pessoas para que elas possam me ajudar nesta tarefa " (Nelson Brito)

Veja como o tempo passou...

Eu dúvido você não se assustar vendo quanto tempo passou, em pelo menos 1 das 32 selecionadas

vi um site irlandês que fez 10 itens deles, achei interessante a idéia e resolvi fazer uma adaptação brazuca:


_

_

_

_

_

_

_

_

_

_

_

_

_

_

_

_

_

_

_

_

_

_

_

_

_

_

_

_

_

_

funk:
_

_

e o mais chocante



Lembra de outras coisas que estão frescas na memória mas se parar pra pensar já tem um tempinho que passou? Manda ai nos comentários que é de graça…

—————– EDITADO —————–
Acho que me empolguei com o fim do mundo e fiz o calculo de alguns pensando em 2012 (não sei pq) logo tem errinhos de 1 ano mas que estou corrigindo aos poucos conforme os comentarios ;D

Da série, perguntar não ofende:

Alguém me esclarece um fato: como uma terra que deu tantos homens importantes hoje está tão avacalhada, porque em mãos de incompetentes? Como pessoas que, por acaso do destino, herdaram nomes famosos e de alto cabedal político-administrativo, hoje enterram tradições através de suas imbecilidades? Seus antepassados devem estar se remoendo nos túmulos, e de raiva. Tomara que reencarnem e puxe as orelhas desses imbecis.

(Via Luiz Augusto de Santana)

Mande também a sua pergunta para: faleprimogenio@gmail.com

21 maio 2011

Eu também, Zevaldo: "Tô nem aí pra vereadores e prefeitos!"

Eu desempenho meu papel e não estou nem aí para qualquer vereador e prefeito que queira me calar. Se for para isso, então chega para lá. Nem queira olhar para minha cara, porque da sua irei sorrir com expressão de gargalhadas.

Quanta hipocrisia ainda temos neste país e quiçá neste lindo Recôncavo, que ainda não desamarrou-se das cordas dos coronéis do início do século XX, nem muito menos dos ditadores do terceiro e quarto quartel do mesmo século. Se me acham intransigente, respondo-lhes que sou sim e não abro mão disso. Pois a intransigência "é a única prova que uma determinada coletividade existe como organismo social vivo, que possui um fim, uma vontade única, uma maturidade de pensamento. Porque a intransigência requer que cada parte singular seja coerente com o todo, que cada momento da vida social seja pensado e examinado em relação à coletividade” (Gramsci, 1975: 136).

E segundo me consta, tanto vereadores, quanto prefeitos em questão, seja ele qual for, de qualquer lugar do país e do mundo, estão ali para servir aos interesses da comunidade, da coletividade e de uma coisa muito maior que se chama municipalidade. Esta sim, ficará para outras gerações, enquanto vocês, passaram e poderão ou não entrar para a história como um bom politico, coisa que poucos conseguem, mas estou falando de pouquíssimos.

Sendo assim, do que lhe dá neste cabeça quase que oca, falar de um simples cidadão, que está emitindo opinião. Está com medo de quê? Das falsidades a serem descobertas, dos trambolhos a serem expostos, ou será das simples lapeadas, como o dito maragogipano, costumou a falar. Se você não faz parte dessas enrolações do mundo político. Porque temer? Porque pressionar àqueles que se expõe para mostrar ao mundo onde estão os verdadeiros e incontestáveis larápios, ou melhor, assassinos de cidadãos? Se não faz parte dessa corja, mostre sua opinião num blog, ou escreva para um jornal, mas não utilize da Câmara, meio que está usando para fins coletivos, e não particulares.

Ninguém tira desta cabeça que o pior de todos os PROBLEMAS SOCIAIS são os ditos e atuais políticos trambiqueiros e falseadores, que usufruem do dinheiro público sem trabalhar pela população e/ou pior ainda, desviam o dinheiro da saúde e da educação e depois vem com a cara de tacho dizer que precisamos combater a violência, seja ela de qual tipo.

Se hoje, o Recôncavo está melhor, a responsabilidade é do povo e não de políticos. Pois foi o povo e espero que sempre será ele que colocará vocês no poder e também tirará, assim como se em muitas cidades estão nadando na merda a responsabilidade é toda do povo, porque foi ele que colocou vocês no poder e ainda não quis tirar e quando isso acontecer, vocês estarão na mesma merda, do lado do povo e servindo chacota para piadinhas alheias e ficará caladinho, murchinho, sem nada a reclamar. Porque seu tempo acabou.

Sendo assim, eu e outros blogueiros quaisquer temos a obrigação e o dever de não nos calarmos, pois sabemos que muitos de vocês colocam o pano na boca de milhares de funcionários e usam das tiranias, dos meios nada convincentes para deixar sua marca na vida destas pessoas. O dinheiro é bom, mas um dia a casa cai e é, por isso, vereadores e prefeitos de todo o país que digo-lhes: Se ponham no seu devido lugar e lembrem-se que eu não estou nem aí para vocês.

Texto retirado do Blog do Zevaldo Sousa (Maragojipe) , em apoio ao MOVIMENTO PELA LIBERDADE DE EXPRESSÃO NO RECÔNCAVO

19 maio 2011

Audiências públicas debaterão federalização de crimes contra jornalistas

No dia 5 de maio os diretores da FENAJ Celso Schröder e José Carlos Torves reuniram-se com o deputado federal Delegado Protógenes (PCdoB-SP) para pedir apoio à Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que torna novamente obrigatório o diploma para o exercício da profissão de jornalista e para conhecer o projeto de lei 1078/2011 que propõe a federalização da apuração de crimes contra jornalistas quando houver omissão ou ineficiência das esferas competentes. A FENAJ e o parlamentar realizarão parceria para ampliar o debate sobre a proposta.

O deputado Protógenes defende que a imprensa seja considerada um pilar da democracia e, para isto, os crimes precisam de uma investigação realizada por uma polícia isenta e sem a influência de poderes coronelistas locais. Com a federalização dos crimes contra jornalistas a Polícia Federal passa a ser responsável pela investigação e a Justiça Federal o foro adequado para o julgamento.

Na audiência o parlamentar propôs a realização de audiências públicas para discutir o projeto já apelidado pelos jornalistas de Lei Tim Lopes, repórter morto por traficantes no Rio de Janeiro em 2002. Os sindicalistas manifestaram que a FENAJ apóia a proposta e se comprometeram a participar da organização das audiências públicas, com datas e locais a serem definidos posteriormente.

Informações: Federação Nacional dos Jornalistas

17 maio 2011

HISTÓRIA DE HOJE: Cornoaldo e a civilização

O Blog Primogênio apresenta uma série de textos, crônicas e poesias. Drama, comédia, ação e suspense. 
Sempre no nosso Primogênio uma história interessante pra você.

HISTÓRIA DE HOJE: 

CORNOALDO E A CIVILIZAÇÃO


TEXTO: EDGAR ABBEHUSEN

O nome dele era Cornoaldo Teixeira Braga Trigo, homem de palavra. Falava demais e pouco expressava. Sertanejo bravo, cabra da peste. Uma peste na cachaça e um defensor máximo da bebedeira. Político mais pelo titulo que pelo sangue. Nas suas veias corria o sangue de um menestrel e não de um mestre. Por si só, falava-se nas ruas de Jaraguatingotá que o que Cornoaldo levava no sangue mesmo era a sina do chifre, imposto por Dinorá.

Mulher de raça, couro forte, Dinorá procurava na juventude da cidade o que Cornoaldo provavelmente não acertava em casa. Por mais que tentasse aparentar problemas corriqueiros de relação, Cornoaldo não conseguia esconder o que era estampado na sua testa todos os dias.

Cornoaldo resolveu então entrar pra política. 

Entrou pela porta da frente, cheio das pompas e das circunstâncias exigidas numa cidade como Jaraguatingotá. O sol nascia todas as manhãs, queimando os miolos das sertanejas que iam num vai e vem sofrido com água na cabeça para matar a sede, enquanto homens como Cornoaldo, além de chifre, levava no bolso e na gargalhada, o sofrer estampado no rosto do povo.

Ora, se o povo soubesse o que e a quem Cornoaldo se submetia. Um rei maior. Um patrão agressivo e revolucionário, cara carente, mas político contente, que logo após ganhar o popular abraço nos braços do povo, caiu nas graças de Dinorá.

Os corredores e a quentura da cidade logo evaporaram junto à opinião pública que o apelidou de chifrudo e lhe marcou como um político apático e sem precedentes. Daí então, nas próximas eleições, Cornoaldo sem noção, resolveu comprar o bem precioso do povo a base de cachaça e bebedeira, e assim foi ganhando até desgastar a sua imagem corriqueira.

Nas idas e vindas com Dinorá, Cornoaldo Teixeira Braga Trigo entrou em sua ultima cartada. Uma ultima chance concedida pelo povo de Jaraguatingotá, ganhou as eleições aos empurrões, porque o povo, que não é besta nem nada, tomou a cachaça e cuspiu o titulo eleitoral no chão. 

Agora Cornoaldo, ainda político, vive a gritar nos palcos por onde passa. Ninguém lhe dá ouvido, mesmo ele achando que tudo pode. Da ultima vez que saiu nos jornais ele estava de sunga de super homem em praça publica, dizendo que era o cara. 

Sobre vaias e poucos aplausos, Cornoaldo toda semana prepara um bom espetáculo na cidade, indo ao seu precipício político, as quedas, aos trancos e aos barracos. 

Assim vive Cornoaldo, se achando e ao mesmo tempo se perdendo, apelidando quem quer de imbecil à idiota, mas quando ele chega em casa e abre a porta, sempre dá de cara com o Ricardão.

16 maio 2011

A presidente ou a presidenta?


Que têm em comum palavras como “pedinte”, “agente”, “fluente”, “gerente”, “caminhante”, “dirigente” etc.? Não é difícil, é? O ponto em comum é a terminação “-nte”, de origem latina. Essa terminação ocorre no particípio presente de verbos portugueses, italianos, espanhóis…

Termos como “presidente”, “dirigente”, “gerente”, entre inúmeros outros, são iguaizinhos nas três línguas, que, é sempre bom lembrar, nasceram do mesmo ventre. E que noção indica a terminação “-nte”? A de “agente”: gerente é quem gere, presidente é quem preside, dirigente é quem dirige e assim por diante.

Normalmente essas palavras têm forma fixa, isto é, são iguais para o masculino e para o feminino; o que muda é o artigo (o/a gerente, o/a dirigente, o/a pagante, o/a pedinte). Em alguns (raros) casos, o uso fixa como alternativas as formas exclusivamente femininas, em que o “e” final dá lugar a um “a”. Um desses casos é o de “parenta”, forma exclusivamente feminina e não obrigatória (pode-se dizer “minha parente” ou “minha parenta”, por exemplo). Outro desses casos é justamente o de “presidenta”: pode-se dizer “a presidente” ou “a presidenta”.


A esta altura alguém talvez já esteja dizendo que, por ser a primeira presidente/a do Brasil, Dilma Rousseff tem o direito de escolher. Sem dúvida nenhuma, ela tem esse e outros direitos. Se ela disser que quer ser chamada de “presidenta”, que seja feita a sua vontade -por que não?

Professor Pasquale Cipro Neto